Grávidas & Partos

Vamos falar sobre a gestação solidária?

Conheci a Tahyná há alguns anos, quando ela foi madrinha de uma outra noiva minha. Ela estava no making of  e de cara entramos naquela afinidade de casamento. Tivemos depois outro casório  em que foi madrinha, até que chegou a vez dela ser a NOIVA em 2012. Aqui no blog, ela e o Pedro foram descritos como os noivos mais altos do mundo. 🙂

Pois então… alguns meses atrás ela me escreveu dizendo “Oi, é a Tahyná, noiva mais alta do mundo…” e me contava que estava esperando neném. Não era um email curto e simples pedindo orçamento para ensaio de grávida. O email era grande e contava uma história. Eu estava no carro a caminho do ateliê de atendimento e fui lendo… e conforme ia lendo ia contando para o Alexandre. Então minha reação foi mais ou menos assim:

– Ohh… que lindo! A Tahyná tá esperando nenem….

( fui lendo… e tentando compreender…..)

– Ih, não… peraí, é a irmã dela que está grávida…

(e continuei lendo e meu coração acelerando…)

– Ih… não… Alexandre!! A irmã dela está grávida do neném dela!

Foi um choque de emoção! No email havia o link do blog que ela escreve desde o inicio de todo o processo de engravidar e fui lendo tudo possível até chegar no Ateliê num turbilhão de sentimentos. Eu tinha que atender quatro noivas e a cada intervalo lia mais um post e morria de ansiedade em ligar pra ela. Logo nos falamos e marcamos tudo.

Eu vejo essa história como um exemplo não só de muito amor como também de perseverança e dedicação! Com certeza, uma das mais lindas de toda a minha carreira. Vou guardar com muito amor no meu coração.

Acompanhe o blog da Tahyná e espalhe o link. Os textos são super lindos, com muita propriedade e cheios de sentimento.  Tenho certeza que pode ajudar muitas mulheres que lidam com problemas relacionados a infertilidade. Existe uma legislação em vigor sobre a barriga solidária e quanto mais informação pudermos espalhar a respeito, melhor. Por exemplo, eu pensava que só irmã ou mãe estariam autorizadas para gestação, mas o parentesco pode ser de até 4º grau (estendido a tias e primas). São muitos detalhes e dúvidas sobre o assunto.

Numa pequena entrevista, Tahyná contou pra mim alguns detalhes de como tudo foi acontecendo.

Conheça melhor essa história surpreendente!

TAHYNA_GRAVIDA__0043

TAHYNA_GRAVIDA__0049TAHYNA_GRAVIDA__0057 TAHYNA_GRAVIDA__0053

Em que momento exatamente partiu essa tomada de decisão?

Bem, na verdade não teve um momento exato. A medida que íamos acompanhando meu caso, conversávamos sobre o assunto. Até que um dia ela se ofereceu oficialmente para carregar nosso bebê. E claro, nós aceitamos !!

TAHYNA_GRAVIDA__0061 TAHYNA_GRAVIDA__0013 TAHYNA_GRAVIDA__0012 TAHYNA_GRAVIDA__0005 TAHYNA_GRAVIDA__0018TAHYNA_GRAVIDA__0024

Como foi a reação dos amigos e familiares?

Eu estava bastante insegura. Como contar uma coisa dessas sem chocar? Enquanto estávamos no processo do tratamento ninguém sabia de nada, além de nossos pais. Quando pegamos o resultado positivo da gravidez saímos contando pra todo mundo. E foi unânime a alegria das pessoas. Todas se emocionaram e acharam linda nossa história. Isso me deu muita força no início para levar a situação!

TAHYNA_GRAVIDA__0072 TAHYNA_GRAVIDA__0075 TAHYNA_GRAVIDA__0083

Do momento em que decidiram engravidar até o resultado positivo, quanto tempo durou todo o processo?

Foram 2 anos.
No nosso caso, demorou muito por causa da ovodoação, já que é muito difícil encontrar uma doadora de óvulos com suas características físicas e seu tipo sanguíneo.

TAHYNA_GRAVIDA__0112PB TAHYNA_GRAVIDA__0106 TAHYNA_GRAVIDA__0117 TAHYNA_GRAVIDA__0118 TAHYNA_GRAVIDA__0123

Para as mulheres que desejam uma gestação solidária, qual seria o primeiro passo?

Eu diria que o primeiro passo é uma boa conversa entre as duas famílias, e saber “encaixar” seu processo dentro da lei. A lei diz que só é permitido a gestação solidária entre parentes consanguíneas de até segundo grau. Mas claro que existem exceções. Se a futura mamãe não tiver mãe, ou irmã, o médico pode solicitar ao CRM uma autorização para que a gestação seja realizada em outra pessoa. Com isso certo, é só procurar uma clínica de fertilização 🙂
Meu conselho é fazer tudo certinho, dentro da lei, para não ter problemas na hora de registrar seu bebê.
TAHYNA_GRAVIDA__0129TAHYNA_GRAVIDA__0136TAHYNA_GRAVIDA__0149TAHYNA_GRAVIDA__0124TAHYNA_GRAVIDA__0143TAHYNA_GRAVIDA__0142PBTAHYNA_GRAVIDA__0162PB

Os participantes do ensaio foram: Luísa (filha da Anaí, afilhada da Tahyná), Tahyná, Pedro, Paçoca e Bombom. A maquiagem das meninas foi feita pela Natália Simões, minha ex-noiva super querida que está bombando como maquiadora profissional.

Quem tiver mais dúvidas ou uma história parecida para contar, escreva um comentário no final desse post e não deixe de acessar o blog Filinha de Espera, que tem muitos tópicos interessantes sobre o assunto.

Para finalizar, copio a linda mensagem que Anaí deixou para a irmã no dia das Mães:

“Mamãe, hj é o seu primeiro Dia das mães!! Como ainda sou muito bebê pedi pra dinda escrever algumas coisinhas pra vc!!! Quero desejar a você um feliz dia das mães!! Mulheres que geram crianças tem de monte por ai, mas mães de verdade, que se dispõem a cuidar, a dar todo seu amor…essas são flores raras!!! E tenho certeza que vc é uma dessas flores!! Tenho certeza que vc vai cuidar de mim com todo seu amor e carinho!! Obrigada mamãe por não ter desistido de mim diante a tantas dificuldades, obrigada por ja me amar tanto mesmo antes de eu nascer, obrigada por arrumar tudo com tanto carinho para minha chegada!! Daqui a dois meses ja estaremos bem juntinhos!!! Te amo muito!!
Bruno”

É muito gratificante poder participar dessa história e contar mais um capítulo em forma de retângulos cheios de sentimentos, beijos, sorrisos e abraços.

Obrigada por esse dia, querida família Grance!

 

Comente com Facebook

Comentários

6 Comentários
Compartilhar

6 Comentários

  1. Tahyná Grance
    27 de Maio de 2015 at 10:07 am

    Que lindeza!
    Nunca me canso de elogiar seu trabalho!
    Seus olhos nos mostram um mundo com muito mais poesia.. E suas palavras encantam a alma 🙂
    Que todo esse carinho volte para você em dobro minha querida!
    Muito obrigada por participar deste momento conosco!
    Beijos dessa família que te adora
    🙂

  2. Aline Lacerda
    27 de Maio de 2015 at 12:15 pm

    Que história linda! Estou emocionada! <3 <3 <3

  3. Aletheia Horta
    27 de Maio de 2015 at 3:45 pm

    Ameeeeeeei…
    Parabéns aos pais e à titia, pelo imenso carinho!

  4. Luciana Rangel
    27 de Maio de 2015 at 6:11 pm

    uau, qto amor! que essa família seja ainda mais abençoada e que o tão esperado Bruno venha cheio de saúde para dar muitas alegrias a todos! lindas fotos!

  5. Madalena Leles Cohen
    29 de Maio de 2015 at 5:50 am

    Amei tuuuuudo! A história é muito linda e sim, cheia de tabus, eu só posso engravidar por ovodoação e é bem complicado, mas é muito bom saber de possibilidades 🙂
    Que família linda, cachorros lindos, quartinho fofo, fotos belas ❤️❤️❤️

  6. casamento | Tatiana e Alfredo » Fabricia Soares – fotografia de casamento
    21 de agosto de 2015 at 6:47 pm

    […] fui indicada para a Tati pela Tahyná e o Pedro. Vocês lembram da história que eu contei recentemente da gestação solidária da Tahyná e Pedro?  Pois então, eles estavam felizes e contentes esperando o Bruno e muita gente vem me perguntado […]

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked*

Fale comigo agora!